Monte Pilatus – Rota Dourada

Nossa genteeee! Quanto tempo não postamos nada por aqui! Mas esse passeio foi tão incrivel que temos que compartilhar com vocês.

Imaginem um dia legal…Agora multipliquem isso por 10… Foi assim. Inesquecível participar do #experiencePilatus. Muitos #experience virão e estaremos juntas com outros produtores de conteúdo, mostrando essa Suíça linda pra vocês de uma maneira bem legal. Acompanhem!

Nesse #experience tivemos o enorme prazer das nossas parceiras de rota Ana Luiza do Pelo Mundo Blog, a minha parceira daqui, a Renata com seu blog As viagens da Rê, a Monique do blog Me joguei no Mundo e a Janaina do Descobrindo a Suíça.

O Monte Pilatus está cheio de lendas e paisagens estonteantes. Fica bem pertinho da cidade de Lucerna. Consiste em um maciço montanhoso situado no Cantão de Obwald e Nidwald. O cume mais elevado, o Tomlishorn, tem à 2 128 m.

Esse nominho não vos é estranho não é mesmo? Pois… Uma das lendas diz que Pôncio Pilatus… Sim!! Aquele Pilatus… dizem que o corpo dele repousa em um lago no alto do Monte. Diz a lenda que por esse motivo, a subida até o topo foi proibida por séculos. Imaginem proibir essa vista maravilhosa?

Há varias maneiras de subir. Um passeio de um dia todo que é possível combinar de varias maneiras a ida e volta. Barco a vapor, trem, teleférico, ônibus, hiking… Sim! Até andando vocês chegam ao topo. Quem se habilita a subir isso tudo a pé? E olha que tem sempre gente “marchando” ate la em cima!

Rota Dourada

Nós decidimos pelo seguinte trajeto: Passeio de Barco, subida de trem. Descida de teleférico e ônibus de volta para Lucerna.

Nossa Rota : Berna (carro) – Lucerna (barco) – Alpachstad (trem) – Krienz (ônibus) – Lucerna (carro) – Berna 🙂

Pegamos o Barco bem em frente a estação central de Lucerna cedinho. O passeio de barco é super agradável e dura mais ou menos 1 horinha até a estação de Alpnachstad para assim pegar o trem que nos leva ao topo. A subida de trem!!! Genteeee! Essa é a rota ferroviária mais íngreme do mundo!! #domundomundial!!

O Caminho de ferro Pilatus (Pilatusbahn) é uma via férrea de cremalheira que nos leva até 2120 m de altitude do Pilatus-Kulm. O uso dessa construção de cremalheira é indispensável para que o trem possa ter força suficiente para os 48% de declive dessa linha impressionate. A linha é suuuuper estreita! 800 mm – com 4,6 km de comprimento.  Passamos por 7 túneis e 23 pontes. A via férrea foi inaugurada a em 1889 que na época era uma máquina a vapor, e foi eletrificada em 1937. A subida oferece fotos incríveis. Preparem as câmeras que todas a imagens saem cartões postais.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um p.s. aqui: Esse caminho com o trem só fica disponível uma parte do ano que seria entre maio e outubro.

La em cima: Chegando ao topo vocês se deparam com uma das vistas mais lindas! Cadeias de montanhas e paisagens emocionantes. Pessoas de todo o mundo apreciando a vista e os atrativos locais. Fomos recebidas por musica típica dos Alpes, um sol lindo e a vista maravilhosa do Lago dos Quatro Cantões também conhecido como Lago de Lucerna

Começamos então nosso passeio no topo do Pilatus que oferece um dia todo de muita emoção.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Caverna do Dragão:

Existem várias lendas em torno do Monte Pilatus. Uma dela, que é símbolo da Montanha, é o dragão. Umas das lendas diz que na idade media, dentro dos orifícios e pequenas passagens na rocha, habitavam dragões. Em um dia de outono, um jovem caiu dentro de uma dessas fendas na rocha onde ele ficou imobilizado entre dois dos dragões. Un dia . A primavera chaga e um dos dragões sai voando da caverna e o outro mostra o caminho de saída ao rapaz dando assim, sua calda e o ajuda a voltar pra casa.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Claro que fomos visitar essa tão famosa caverna. Em cada janela, um suspiro! Vale a pena ir e levar toda familia pra desfrutar desse lugar incrivel. A trilha é linda com escadinhas e passagens secretas por todo o caminho. Para os que não tenham medo de altura, o Mirante do Oberhaupt oferece um panorama maravilhoso. A escada é so para os fortes 🙂

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comes e bebes:

O Monte Pilatus oferece vários espaços de compras e restaurantes. Claro que você pode levar sua própria marmita e fazer seu picnic ali mesmo. No problem!

Mas nós decidimos pelo Restaurante Pilatus Kulm aberto desde 1890. Servem a la Carte e a cozinha funciona a partir das 11h da manhã. Agora me digam… como construíram esse restaurante/Hotel laaaaaa em cima nessa época? hehe… Padrão qualidade mais Suíço que nunca. Pratos variados, deliciosos com direito a uma decoração Belle Epoque simplesmente linda.

O outro restaurante/Hotel la no topo é o Bellevue. Servem o dia todo em forma de Self-service.

Outro p.s. aqui: Pra quem passar a noite em um desses hotéis, a diária pode variar de 300 a mais de 400 Francos Suíços. 

Mais atrações locais:

Depois de um dia cheio de aventuras, começamos a nossa descida não menos apreciável.

Pegamos o teleferico em direção a Krienz com parada na estação de Frägmüntegg onde se situa o maior parque de aventura da Suíça central. Um parque gigante de arvorismo pra pequenos e grandes e o maior tobogan também!  Crianças a partir de 8 anos completos e pais com coração tinindo, ja podem participar da aventura entre os meses de abril e outubro. Aqui nessa estação também tem lugar para picnic, churrasco e restaurante com comidas típicas da região. Bora descer de tobogan? Uma voltinha custa em media  8 francos para os adultos e 6 francos para os baixinhos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A descida continua de teleférico. Com mais uma parada não tão obrigatória se você não estiver com os pequenos. Um parquinho lindo espera os pequenos nessa ultima estação. Krienseregg. Ideal para uma parada picnic e brincadeiras e claro… descansar um pouco e relaxar os pequenos antes de ir embora.

Dicas importantes:

Estamos falando de mais de 2000 m acima do nível do mar. Casaquinho na mochila porque todos os climas possíveis a vista. Calcados confortavas = nada de saltinhos 🙂

Agua na mochila e algum lanchinho na pochete e não percam seus tickets nunquinha. Vocês precisam deles o tempo todo.

Have fun!!! Qualquer coisa, estamos aqui pra tirar qualquer duvida.

Rota Dourada: 
Lucerne – Alpnachstad – Pilatus Kulm – Kriens – Lucerne (barco de segunda classe): 102,60CHF para adultos e 51,70CHF para criancas entre 6 e 16 anos, Swiss Travel Pass e Halb Tax.
Lucerne – Alpnachstad – Pilatus Kulm – Kriens – Lucerne (barco de primeira classe): 116,60CHF para adultos e 58,70CHF para criancas entre 6 e 16 anos, Swiss Travel Pass e Halb Tax.
Mais informações sobre as tarifas do Pilatus, so passar por aqui!

Participaram do #experiencepilatus

Realização: Ana Luiza de Souza (Pelo Mundo Blog)
As Blogueiras –  Monique Bianchi (Me Joguei no Mundo),  Renata Autran (As Viagens da Re), Priscilla Wolf (Suíça Entre Amigos) e Janaina Abreu (Descobrindo a Suíça).
Apoio: Pilatus Bahnen.

Veja o que rolou no evento também, através das Hashtags #ExperiencePilatus e #Pilatus no Instagram e Facebook.

 

Amamos conversar! Envie seus pitacos aqui.